Aba 1

    

Postado em 02 de Fevereiro de 2018 às 13h00

Entre povoados, aldeias e cidades charmosas – atravessando o norte da Argentina de bicicleta

Dicas (10)

O norte argentino pode ser considerado bastante adequado ao cicloturismo: é pouco frequentado por carros ou caminhões, as estradas são planas e há dezenas de pequenos povoados ao longo do caminho. Na porção centro-norte está o Chaco, uma grande planície de floresta e selva que se estende por mais de 400 quilômetros, sem uma subida ou descida.

Percorrer uma planície sem fim pode parecer um pouco monótono para um ciclista treinado, mas apresenta um desafio psicológico interessante e encanta pelo encontro frequente com aves e outros animais silvestres. Ao entrar na região noroeste, o viajante passa rapidamente por climas bem variados, atravessando uma pequena área de selva, para depois se aproximar da Cordilheira dos Andes, onde a temperatura baixa.


Leia mais em: http://vadebike.org/2016/06/cicloturismo-norte-argentina-salta-san-salvador-jujuy/

Veja também

Covid-19: OMS divulga guia com cuidados para saúde mental durante pandemia21/03 As consequências da pandemia do novo coronavírus estão causando pressão psicológica e estresse em grande parte da população afetada. As incertezas provocadas pelo covid-19, os riscos de contaminação e a obrigação de isolamento social podem agravar ou gerar problemas mentais, segundo a OMS. Autoridades de saúde e a agência da......
História da Bicicleta29/03/18 O alemão Barão Karl Von Drais pode ser considerado o inventor da bicicleta, pois, em 1817 ele implementou um brinquedo que se chamava celerífero, desenvolvido pelo Conde de Sivrac em 1780. O celerífero construído em madeira......
Kbikes promoveu palestra sobre cicloturismo25/05/18     O cicloturismo tem por objetivo conhecer novos lugares, pessoas e culturas. É uma forma de usar a bicicleta como meio de transporte em uma viagem. É ter a liberdade de escolha do roteiro, do tempo de viagem e o planejamento, pois......

Voltar para Notícias