Aba 1

    

Postado em 10 de Setembro de 2018 às 09h54

Ei ciclista, já se hidratou hoje?

Se hidratar não é besteira, esse é um fator fundamental para que você tenha um bom desempenho. Quanto mais calor, umidade e altitude houver, maior se torna a importância da hidratação no ciclismo. Os órgãos mais sensíveis à desidratação são os que têm maior proporção de água, como o cérebro, fígado e músculos, causando fadiga muscular, cãibras, esgotamento, perda de sentidos e inclusive a morte. Uma perda excessiva de líquido, a desidratação, prejudica o rendimento e tem um efeito desfavorável sobre a saúde.
A desidratação submete a um esforço excessivo o coração, os pulmões e o sistema circulatório, o que significa que o coração terá que trabalhar com mais força para bombear o sangue a todo o corpo. A prática do exercício se torna mais difícil à medida que diminui o volume de sangue e se eleva a temperatura corporal. A desidratação diminui o rendimento porque diminui a obtenção de energia aeróbica pelo músculo e reduz a força.
A hidratação com os carboidratos presentes nas bebidas isotônicas são excelentes para a manutenção dos níveis glicêmicos o que leva o ciclista a ter um bom desempenho na prática do ciclismo. Além disso a adição de sódio e açúcar na água são importantes e são comumente encontrados em bebidas isotônicas. Em termos fundamentais os isotônicos são compostos por água, sódio, cloro, potássio, cálcio, carboidratos além de outros eletrólitos.
Os carboidratos irão atuar como repositores de energia e também no retardamento do surgimento da fadiga muscular sem contar que melhora e muito o paladar dos isotônicos. Os tipos de bebidas isotônicas mais usadas pelos ciclistas são a sacarose, glicose, frutose e a maltodextrina.
O ciclista deve beber água antes, durante e depois do exercício. Antes deve beber meio litro nos 30-60 minutos que antecedem o exercício. Durante a ingestão de água de ser de um litro para cada hora de exercício. E depois o ciclista deve beber meio litro para cada quilo de peso perdido. Como média aproximada devemos consumir líquido até que a urina seja abundante e transparente.
Já pegou sua garrafinha? Então bom pedal!

Veja também

Proposta de remunerar quem vai ao trabalho de bicicleta gera polêmica em São Paulo21/07/16 Alguns países já deram exemplo ao incentivar o uso da bicicleta pelos trabalhadores no seu deslocamento diário. É o caso da França, que testou por seis meses a remuneração por quilômetro pedalado (€$ 0,25/km). Já nos Estados Unidos, uma lei federal concede US$ 20 mensais ao profissional que usa a bike para ir ao trabalho. No Brasil, São......
O caminho do agora11/12/18 Uma viagem para dentro de si mesmo, traz a tona sentimentos e anseios que conectam aventureiros do mundo todo, independente da modalidade. O viajante Matias Tartiere chega como personagem principal a bordo da gravel bike da Soul, SPRY. Juntos seguem rumo......
Pedalar com coragem para enfrentar a vida de modo leve02/01/19 Cada vez mais as bicicletas ganham espaço no mundo todo. Além de ser uma ótima solução para o trânsito, e importantes ferramentas para um mundo sustentável, é uma escolha de vida, que transcende e nos......

Voltar para Notícias